UMA PERGUNTA MUDA TUDO?

 

Já te aconteceu teres vivido uma situação a que atribuíste um significado negativo, e que não consegues mudar?

Descobre como uma simples reviravolta, pode mudar o teu estado de espírito. 
  
 

INFINITAS POSSIBILIDADES

Em 2005 após um período conturbado, comecei a interessar-me seriamente por desenvolvimento pessoal. Não sabia nada do assunto, mas quando comecei a ler, escrever e partilhar, refleti sobre o que me tinha acontecido, e a minha perspetiva mudou.

Tinha vindo de uma fase negra, em que me sentia perdido, desorientado e cheio de medos. Ainda sentia revolta e raiva, a vida pesava-me nas costas. Uma frase em particular marcou-me: “Tu não és o que te aconteceu, tu és o que decides fazer com o que te aconteceu”.

Incrível esta simplicidade, passava a responsabilidade toda para mim. Então descobri que TODOS podemos mudar.

 

DESCOBERTA

Curiosamente, quando comecei a trabalhar com Coaching aprendi uma técnica poderosa chamada Ressignificação – que é o exercício de perguntares regularmente a ti mesmo: “Que mais pode isto significar? “Que há aqui de construtivo? “O que posso aprender com isto?” “Quem posso ajudar com a minha própria experiência?” Eu nunca me tinha feito estas perguntas.

Que outro significado posso atribuir a este episódio? para além do óbvio, que há aqui de construtivo? O que realmente posso aprender com isto? Quem posso ajudar com a minha experiência? Eu nunca me tinha feito estas perguntas.

Se calhar teoricamente até sabemos isto, mas será que o praticamos? Mesmo as situações mais dramáticas, trazem uma mensagem poderosa – SE estivermos atentos e receptivos. Então ao invés de perguntares “porquê me aconteceu isto?” (foco na limitação e falta de aceitação) – pergunta: “para quê me aconteceu isto?” (foco no mundo das possibilidades).

Uma pequena mudança que pode trazer enormes resultados.

Quem não ouviu a história de 2 pessoas viverem exatamente a mesma experiência, uma ir-se abaixo e outra dar a volta por cima? Como se explica isto? “Tu não és o que te aconteceu, mas sim o que decides fazer com o que te aconteceu”.

Grande abraço!

Hugo 

PS: Gostaria de saber de ti: Que “Ressignificação” podes fazer na tua vida? 

Deixa em baixo o teu comentário 🙂

arrow

 

Não percas nenhuma novidade!

Deixa o teu e-mail abaixo para receberes os próximos artigos